Estratégias na gôndola de supermercado para vender mais

Praticidade Jun 10, 2021

Quando o assunto é comunicação visual no ponto de venda, um dos elementos mais importantes é a gôndola de supermercado.

A gôndola é uma das grandes responsáveis por atrair a atenção dos consumidores para outros produtos que não estavam necessariamente na lista de compras. Ao apresentar esses produtos que possivelmente poderiam ser comprados pelos clientes, mas que acabam passando despercebidos em outros setores da loja, os varejistas ganham a oportunidade de vender tais produtos.

De acordo com a pesquisa “A hora certa de ativar o shopper”, realizada pela Nielsen, cerca de 70% das decisões de compra são tomadas na frente das gôndolas. Ou seja, esse espaço estratégico oferece um grande potencial para quem deseja vender mais.

Confira algumas estratégias eficazes e descubra como a organização do espaço destinado à gôndola no supermercado pode influenciar a decisão de compra do consumidor.

Qual a importância de organizar as gôndolas de supermercado?

A gôndola de mercado fala muito sobre o negócio. Por exemplo, caso esse espaço não esteja organizado de forma correta ou, até mesmo, não seja constantemente higienizado, certamente irá transmitir um efeito negativo para os clientes que frequentam o estabelecimento.

Além de possivelmente o cliente sair de mãos vazias, a falta de cuidado e atenção à gôndola pode afetar a confiança do cliente sobre o negócio. Nesse sentido, é extremamente importante manter a organização e limpeza das gôndolas do supermercado. Quando esse espaço está bem organizado, limpo e com layout atrativo, é possível:

  • Aumentar o ticket médio dos consumidores;
  • Melhorar a experiência de compra;
  • Fortalecer a imagem do negócio;
  • Otimizar as compras dos clientes.

Lembre-se que manter as gôndolas atrativas contribui diretamente para o sucesso do negócio.

5 estratégias para tornar as gôndolas de mercado atrativas

Uma gôndola de supermercado precisa ser atrativa de diferentes maneiras. É necessário manter os produtos organizados de forma correta e sinalizá-los adequadamente. Confira algumas estratégias.

Estude as preferências de compra dos consumidores

Muitos varejistas provavelmente já conhecem essa estratégia, mas é comum que supermercados e farmácias escolham deixar doces e medicamentos comuns nas gôndolas perto do caixa.

A estratégia é eficaz porque a grande maioria dos consumidores decide comprar alguns desses itens quando está perto de finalizar a compra. Seja um medicamento comum para dor de cabeça ou um chocolate, essa estratégia de gôndola aumenta significativamente a venda desses tipos de produtos de baixo custo e grande saída. A prática também é comum em quiosques e bombonieres próximos do cinema, por exemplo.

Antes de selecionar os produtos que serão vendidos nas gôndolas próximas do caixa, o ideal é estudar as preferências dos seus consumidores, entender quais são os produtos mais vendidos, o ticket médio e outros fatores que auxiliarão a selecionar os produtos mais adequados para aquele público.

Um dos exemplos de estratégia de gôndola alinhado com o público mais famoso é o de uma rede varejista norte-americana que passou a colocar fraldas perto do setor de cervejas. Utilizando Big Data (uma das tendências do varejo 4.0) a rede descobriu que o público masculino que comprava fraldas de madrugada quando também comprava cervejas. Uma ideia simples, mas que fez toda a diferença nas vendas do grupo.

Invista na verticalização dos produtos

A verticalização é uma das estratégias de organização de produtos que tem como foco melhorar a experiência de compra do consumidor, bem como estimular o aumento do ticket médio.

Relativamente simples, para verticalizar os produtos basta organizá-los de acordo com o padrão de leitura ocidental, ou seja, de cima para baixo e da esquerda para a direita.

Dessa forma, o ideal é escolher os itens mais importantes e que sejam o foco de vendas do supermercado. Esses produtos deverão ficar sempre na parte superior esquerda. Além disso, também é possível usar outras estratégias em conjunto com essa, como, por exemplo, inserir os itens com maior margem de lucro na zona prioritária.

Comodidade alinhada a produtos com alta margem de lucro

Outra dica interessante para organizar a gôndola de supermercado é agregar a comodidade aos produtos de alta margem de lucro do negócio. Ou seja, apresentar primeiramente os produtos que o consumidor mais precisa, mas, na sequência, os produtos que são mais vantajosos para o negócio.

Essa é uma estratégia que pode ser mais utilizada em épocas e momentos específicos.

Durante a pandemia do coronavírus, por exemplo, o comportamento do consumidor mudou muito, principalmente na compra de produtos de higiene pessoal e limpeza.

Para se prevenir do coronavírus, os consumidores passaram a comprar muito mais álcool em gel, sabonetes e desinfetantes. Logo, os varejistas tiveram que repensar toda a disposição dessas mercadorias em prateleiras e gôndolas.

Sinalização clara, acessível e objetiva

Quando falamos de organização de gôndola, é importante que o varejista atente-se não apenas no lucro, mas, também, em facilitar o dia a dia do consumidor. Isso inclui a sinalização correta do espaço destinado às gôndolas de supermercado.

Os consumidores não querem perder tempo procurando por preços ou informações importantes. Isso pode gerar frustração, minar a experiência de compra e até mesmo fazer com que o cliente desista de levar os produtos para casa.

Assim, o ponto de venda deve oferecer tudo o que o shopper precisa, incluindo informações claras, acessíveis e objetivas.

Lembre-se de investir em uma sinalização adequada.

Além disso, também é importante pensar em quão acessíveis essas informações estão, principalmente para pessoas com algum tipo de dificuldade visual.

Tenha sempre um planograma

Um planograma é um documento que mostra a disposição de todas as gôndolas de supermercado. Ele é essencial no gerenciamento de estoque da loja, uma vez que permite uma visão mais clara sobre o que está sendo exposto, os itens de maior giro, além de outras informações relevantes.

Além disso, esse documento também deve conter orientações para os repositores e demais funcionários que fazem a manutenção das gôndolas. Hoje já existem diversas inovações tecnológicas que permitem a construção desse tipo de plano em dispositivos mobile.

Agora que você já conhece as melhores estratégias de gôndola de supermercado para vender mais, aproveite para colocá-las em prática.

Quer conferir mais dicas sobre como tornar a sua loja ainda mais atrativa para os seus clientes?  Assine a nossa newsletter e receba mais conteúdos como esse em primeira mão!

Assuntos

Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Ótimo! Agora, complete o checkout para acesso completo.
Bem-vindo novamente! Você fez login com sucesso.
Successo! Sua conta foi ativada, agora você tem acesso a todo o conteúdo.