Sled Saque: tire suas principais dúvidas sobre a solução

Tecnologia Jul 28, 2021

Cada vez mais escassos, os locais para saque de dinheiro no Brasil - como caixas eletrônicos e lotéricas -, têm se tornado uma verdadeira missão para milhões de brasileiros que precisam se deslocar em longas distâncias em busca desses pontos de saque.

De acordo com dados do Banco Central, cerca de 17 milhões de brasileiros, em 2.328 cidades, precisam viajar para municípios vizinhos se quiserem abrir uma conta, tomar empréstimos ou fazer saques.

Com a constante diminuição no número de caixas eletrônicos e de agências bancárias pelo país, a Sled desenvolveu uma nova solução financeira para a falta de pontos de saque que conecta bancos, clientes e varejistas.

Recentemente lançada e veiculada em diversos canais da mídia, a solução de saque no caixa, a Sled Saque permite que consumidores realizem saques de pequenas quantias diretamente nos caixas de supermercados, postos de gasolina e farmácias, por exemplo. A solução de saque funciona com cartões de débito e pré-pago da bandeira Mastercard.

Ao oferecerem a solução de Sled Saque nos seus estabelecimentos, varejistas atrairão mais clientes para suas lojas e com mais frequência, diminuirão a quantidade de sangrias e aumentarão seu lucro, além de auxiliar a população local disponibilizando novos locais para saques em dinheiro.

Entenda tudo sobre o assunto e conheça as principais dúvidas sobre a solução Sled Saque!

Usabilidade

A solução é complexa? Meus clientes saberão utilizá-la?

O varejista e os envolvidos na operação da solução não precisam se preocupar porque o saque no PDV é muito simples.

O consumidor precisa apenas informar o valor que deseja sacar, inserir o cartão (débito ou pré-pago) e digitar a senha. Além disso, não há necessidade de realizar nenhum tipo de cadastro prévio e a operação está disponível para todos os cartões com bandeira Mastercard.

Os valores disponíveis para saque são somente entre R$ 20 a R$ 200 por dia em múltiplos de R$ 20 ou R$ 50, tais como: R$ 20, R$ 40, R$ 50, R$ 60, R$ 80, R$ 100, R$ 120, R$ 140, R$ 150, R$ 160, R$ 180 e R$ 200.

Operação

Terei que ter muito dinheiro em caixa?

Não há necessidade de ter mais dinheiro em caixa para oferecer a Sled Saque porque o valor do saque é limitado a R$ 200 por transação e por dia. Além disso, o valor médio sacado é entre R$ 40 e R$ 50.

E se não tiver o valor que o consumidor deseja sacar?

Da mesma forma que acontece em caixa eletrônico comum, o saque está atrelado à disponibilidade, o que é senso comum entre os consumidores. Dessa forma, antes do saque ser realizado, o sistema informará ao operador de caixa/atendente o valor disponível no momento.

Ex.: Se no momento do saque o valor na gaveta seja de R$ 100, aparecerá como R$ 60,00 disponível para saque.

A retirada de dinheiro atrapalha o troco?

Os saques realizados não atrapalham o troco porque os valores disponíveis são em múltiplos de R$ 20 ou R$ 50,, tendo limite entre R$ 20 a R$ 200 por dia por transação. Além disso, não há transferência de dinheiro entre PDVs.

Você também pode oferecer a solução de troco digital para os seus clientes e acabar de vez com a falta de troco. Conheça a Sled Troco.

Integração

A solução Sled Saque tem integração com o meu sistema?

A Sled Saque se integra aos sistemas TEF, onde atuamos como uma finalizadora e realizamos a conciliação automática.

Caso o PDV não esteja integrado, basta criar uma função para chamar a transação saque e sensibilizar a retirada de dinheiro. O esforço médio para esta ação é de 36 horas.

Caso o varejista não tenha seu sistema integrado, basta realizar a solicitação junto ao seu sistema que buscaremos a integração através da parceria entre a Sled e o sistema indicado.

Segurança

A Sled Saque oferece mais segurança para a loja?

A Sled Saque não estimula a circulação de dinheiro em espécie, pelo contrário, a solução diminui a quantidade de dinheiro disponível no PDV devido a circulação constante de baixos valores. Além disso, com a movimentação do dinheiro entre operador e consumidor, há diminuição da necessidade de sangrias e de volume do cofre, favorecendo a segurança.

Como ficam os custos com cofre inteligente?

A solução não aumenta os custos com o cofre inteligente, já que com ela reduzimos o dinheiro armazenado no cofre, não precisando de cofres maiores. Com Sled Saque, em um estabelecimento de médio porte, por exemplo, o custo de manutenção do cofre pode cair de R$ 1.800 para R$ 1.200 por mês.

E então, o que achou das dúvidas e respostas sobre a solução?

Preparado (a) para contratar agora? Acesse este link e entre em contato com o nosso time de vendas.

Assuntos

Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Ótimo! Agora, complete o checkout para acesso completo.
Bem-vindo novamente! Você fez login com sucesso.
Successo! Sua conta foi ativada, agora você tem acesso a todo o conteúdo.